Doc Concierge: serviços financeiros para profissionais de saúde

Startup conquista um cliente por dia.

Empresas / 18:13 - 6 de nov de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Primeira empresa voltada a prestar serviços financeiros, especialmente a profissionais de saúde, a Doc Concierge foi criada para reunir todos os serviços necessários para uma ótima gestão financeira, tanto de pessoa física, no caso de profissionais liberais da área da saúde, quanto de suas empresas, no caso de clínicas e consultórios. E descobriu uma grande demanda reprimida do setor, tanto que, em pouco tempo de atuação, conquista em média, 30 clientes por mês.

A população médica no Brasil é de 452.801 profissionais, segundo os dados do estudo Demografia Médica 2018, o que demonstra o potencial de mercado. “Cerca de 85% dos profissionais que nos procuram não fazem a menor ideia de quanto gastam por mês”, estima Erico Melhado, sócio-diretor.

 

Mercado carente

 

A criação da empresa Doc Concierge ocorreu a partir da experiência pessoal do presidente da empresa, Alexandre Melhado, ex-executivo do mercado financeiro, a partir do aconselhamento que passou a fazer à filha Amanda, quando ela era residente de medicina. Sem jeito para gerir suas finanças, era frequente que ela esquecesse de pagar contas, pagasse sempre multas, concentrasse a totalidade dos investimentos em uma única aplicação e não declarasse o imposto de renda corretamente.

O aconselhamento de Alexandre, dado à jovem médica, despertou o interesse de seus colegas, que passaram a pedir orientações também. A partir disso, surgiu a ideia de formar uma empresa para acolher o médico em suas necessidades de gestão financeira. “Pesquisamos o mercado, trouxemos ideias de experiências de outros países e desenvolvemos o conceito de nosso serviço: solução completa de serviços financeiros, conduzindo o cliente pela mão para facilitar ao máximo a vida dele”, afirma Alexandre.

Para profissionais pessoa física, a Doc Concierge oferece pacotes que auxiliam no controle e planejamento financeiro pessoal, assessoria de investimentos, gestão de seguros e assistência jurídica. “Realizamos tanto o ‘diagnóstico’ do cliente, como também acompanhamos seu ‘tratamento’ e a evolução de suas finanças corporativas, aconselhando sempre que necessário”, diz Erico Melhado, sócio diretor.

A startup elabora um planejamento financeiro de cinco anos, levando em consideração os objetivos do cliente e faz o acompanhamento mensal para garantir que ele fique cada vez mais próximo dos seus sonhos - um trabalho completo de educação financeira em pacotes de serviço sob medida para cada profissional.

São diferentes abordagens colocadas à disposição dos profissionais. No caso de empresas, há desde o cálculo dos investimentos até a formação de preços, estabelecendo metas para que o profissional saiba quantos pacientes precisa atender ou quantos procedimentos precisa realizar por mês para não ficar no vermelho, realização de controles de fluxo de caixa, demonstrativo de resultados, controle de atendimentos. Tudo para que ele se organize financeiramente.

“O profissional da saúde tem pouco tempo livre, trabalha muito e, na maioria dos casos, tem pouco conhecimento de finanças, tema que não faz parte da grade curricular das universidades para a categoria”, complementa Erico Melhado.

 

Clube de Investimentos

 

O clube de investimentos da Doc Concierge, que aplica 70% do patrimônio em renda variável, é outro diferencial oferecido pela empresa e surgiu da visão de que muitos profissionais da saúde queriam diversificar suas aplicações, mas não conseguiam acompanhar o mercado diariamente.

“Nós fazemos a gestão desses recursos, analisamos as melhores opções de investimentos, traçamos estratégias macroeconômicas para entender o cenário nacional e global e, por fim, buscamos por empresas com boa rentabilidade, boa gestão e principalmente que estão fora do radar dos formadores de preço que tumultuam o mercado financeiro. Como resultado, no ano de 2019 até agosto, estamos com mais que o dobro da rentabilidade do Ibovespa (31,03%), que subiu 15,1% no período”, afirma Igor Cruvinel, sócio responsável pela área de assessoria de investimentos.

Com apenas nove meses de operação, o clube atingiu a capacidade máxima de cotistas e a Doc Concierge já está abrindo o segundo. Hoje a empresa tem sob sua assessoria mais de R$ 110 milhões e cresce mês a mês.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor