Dia pode ser melhor

Ásia fechou com comportamento majoritário de alta e Europa começando o dia com leve elevação.

Opinião do Analista / 12:00 - 14 de fev de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Ontem, os mercados acionários do mundo tiveram dia de fraqueza, com o Ibovespa mostrando queda de 0,87%, aos 115.662 pontos, Dow Jones com perda de 0,43% e Nasdaq com -0,14%. Basicamente a queda foi provocada por mudanças na metodologia de diagnóstico das infecções por coronavírus que elevou o número de infectados. As estatísticas de hoje dão conta de que são 63.851 infectados e 1.380 mortes na China, mas na província de Hubei havia contagem dupla de mortos.

Hoje, mercados na Ásia fecharam com comportamento majoritário de alta, Europa começando o dia com leve elevação e futuros do mercado americano no campo positivo. Aqui, o dia pode ser melhor e seguindo o exterior, mas vai depender do comportamento do dólar com aviso do BC de operação adicional de swap tradicional de US$ 1 bilhão e ainda de como será o índice IBC-Br de dezembro com a prévia do PIB oficial.

O dia está sendo de divulgação de PIB do quarto trimestre em diferentes países. Na Alemanha, o PIB do quarto trimestre ficou estável (previsão +0,1%) e a taxa anual em +0,4%. Em Portugal, o PIB do trimestre foi de 0,6% e em 2019 cresceu 2,0%. Já na zona do euro, a segunda leitura do quarto trimestre veio com expansão de 0,1% e taxa anual de +0,9%. Ainda na zona do euro, o saldo da balança comercial de dezembro ficou em 22,2 bilhões de euros de superávit.

No Peru, o Banco Central optou por manter os juros básicos estabilizados em 2,25%. Já o presidente do Fed de Nova Iorque John Williams, disse que a construção de reservas bancárias está indo muito bem e estima que a inflação de 2020 será de 2%. O Fed também anunciou que vai levar a compra de ativos até 12 de março. A China anunciou hoje que chegou a um tratamento que melhora bem a situação dos pacientes de coronavírus de forma rápida.

Uma curiosidade: O controlador da Amazon Jeff Bezos, comprou a propriedade mais cara de Los Angeles por US$ 165 milhões. Sua fortuna é estimada em US$ 131 bilhões e teria gasto somente 0,12% na compra da propriedade. No mercado internacional, o petróleo WTI negociado em Nova Iorque mostrava alta de 1,28%, com o barril cotado a US$ 52,08. O euro era transacionado em leve alta para US$ 1,084 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,59%, em queda. O ouro e a prata tinham altas na Comex e commodities agrícolas com viés de queda na Bolsa de Chicago.

Aqui, Bolsonaro anunciou que deve encaminhar a reforma administrativa na próxima semana e o ministro Paulo Guedes disse que em duas semanas no máximo encaminha a primeira etapa da reforma Tributária. Mas, na verdade, no Congresso Nacional tudo está ficando para depois do Carnaval.

Na B3, o volume médio transacionado em janeiro ficou em R$ 23,3 bilhões, com 1,8 milhão de investidores ativos e valor de mercado das companhias negociadas em R$ 4,85 trilhões. No mercado, a expectativa é de Bovespa em alta seguindo o exterior, dólar dependendo da atuação do BC no swap anunciado e juros com viés de queda. A extensa e importante agenda do dia (aqui e no exterior) pode mudar um pouco o comportamento dos mercados. Na Bovespa, seria oportuno buscar o patamar de 117.800 pontos, para dar maior consistência ao movimento de recuperação e buscar novos recordes acima de 119.500 pontos.

.

Alvaro Bandeira

Economista-chefe do Banco Digital Modalmais

Fonte: www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor