Desempenho econômico forte e sólido da China no trimestre

Internacional / 16 Abril 2018

A economia chinesa começou o primeiro trimestre de 2018 com dados melhores que as expectativas, indicando crescimento econômico estável e sustentável.

Os seguintes são um grupo de fatos e números publicados pelo Departamento Nacional de Estatísticas sobre o desempenho econômico sólido da China no primeiro trimestre.

O índice de gerentes de compras (PMI, em inglês)do setor manufatureiro chegou a 51,5 em março, o nível mais forte deste ano.

Pequenas empresas registraram uma alta particularmente forte nas atividades manufatureiras, já que o PMI para pequenos fabricantes saltou para 50,1 em março de 44,8 em fevereiro.

O setor não manufatureiro acelerou o ritmo de crescimento em março com seu PMI ficando em 54,6, mais alto que 54,4 em fevereiro.

Demanda de empréstimmos pela economia real se recuperou no primeiro trimestre com o índice para demanda de empréstimos crescendo 5,2 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior para 70,9%.

Empresários estão mais otimistas com as conidções econômicas no primeiro trimestre com o índice de confiança empresarial chegando a 74,3%, o nível mais alto desde o terceiro trimestre de 2011.

O consumo de eletricidade, um principal barômetro de atividades econômicas, subiu 9,8% no primeiro trimestre, 2,9 pontos percentuais a mais na comparação anual.

O volume de frete nacional, um indicador de atividades econômicas, manteve o crescimento estável no primeiro trimestre, visto que o volume de carga foi 6,3% a mais em termos anuais para 10,2 bilhões de toneladas.

Consumidores mostraram vontade mais forte para gastar dinheiro em fevereiro com o Índice de Confiança de Consumidores atingindo 124 pontos, o nível mais alto desde outubro de 1993.

O Banco Mundial revisou em 12 de abril a perspectiva de crescimento da China de 6,4% em outubro do ano passado para 6,5%.

O Banco Asiático de Desenvolvimento disse em um relatório em 11 de abril que o crescimento econômico da China deve atingir 6,6% este ano, citando fortes demandas nacional e também do exterior.

 

Agência Xinhua