Covas lança programa de combate ao desperdício de alimentos

Programa vai coletar sobra alimentos em feiras livres e mercados municipais, em condições de consumo, e doar para entidades assistenciais.

São Paulo / 22:56 - 18 de jul de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, assinou, nesta quinta-feira, o decreto que institui o Programa Municipal de Combate ao Desperdício e à Perda de Alimentos. Promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho o programa vai coletar alimentos em feiras livres e mercados municipais, que estejam em boas condições de consumo, mas que seriam descartados por não ter valor comercial, e doar para mais de 300 entidades assistenciais cadastradas no Programa Banco de Alimentos, da Prefeitura.

“Já tínhamos um programa, em fase de testes, funcionando em dois mercados e sete feiras, tirando alimento bom que estava sendo desperdiçado e sendo mandado para os aterros. Só com esse programa piloto já conseguimos enviar 110 toneladas de bons alimentados para as entidades que estão cadastradas no banco de alimentos da Prefeitura. A meta agora é elevar de sete para 100 feiras, ampliando significativamente a quantidade de entidades que vão ser beneficiadas e, com isso, claro, a população que recebe esse alimento doado e distribuído por essas entidades”, disse Covas ao assinar o programa na Feira Livre Cosmorama, na Vila Maria Altas, Zona Norte da capital paulista.

O programa deve ter o alcance ampliado após essa segunda etapa, disse a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Aline Cardoso. “A cidade de São Paulo tem 800 feiras, o potencial desse programa é gigantesco. Se num piloto chegamos a distribuir 110 toneladas, ampliando poderemos chegar a milhares de toneladas”.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor