Advertisement

Corpo do jurista João Luiz Pinaud é cremado

O presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Técio Lins e Silva, decretou luto oficial por três dias pela morte,...

Rio de Janeiro / 25 Abril 2018

O presidente nacional do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Técio Lins e Silva, decretou luto oficial por três dias pela morte, ocorrida nesta segunda-feira, aos 87 anos, do jurista João Luiz Duboc Pinaud, que presidiu a entidade no biênio 1998/2000. Pinaud dedicou a vida à defesa dos Direitos Humanos. Advogado, promotor público, juiz e professor, lutou pela implementação dos princípios consagrados na Declaração Universal dos Direitos Humanos e contra o golpe militar de 1964, que lhe cassou os direitos políticos, o cargo de juiz do antigo Estado do Rio de Janeiro e a cadeira na Universidade Federal Fluminense (UFF), onde lecionava no curso de Direito. Autor de vários livros, João Luiz Duboc Pinaud integrou, também, no período de 2000 a 2002 o Conselho Editorial do MONITOR MERCANTIL. O corpo do jurista foi velado na Câmara de Vereadores de Niterói, na região Metropolitana do Rio e cremado às 10h desta terça-feira, no cemitério Parque da Colina, região Oceânica de Niterói.