Coreia do Sul e EUA iniciam exercício naval em momento de tensão militar

Internacional / 11:01 - 11 de abr de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

As forças navais da Coreia do Sul e dos EUA iniciaram hoje um exercício de 11 dias na costa meridional sul-coreana, em um momento de tensão militar com a Coreia do Norte. A manobra, que se estende até o próximo dia 21, tem como objetivo melhorar a preparação conjunta dos dois aliados em operações de busca e salvamento, além de missões submarinas, informou um porta-voz da Força Naval da Coreia do Sul à agência de notícias Efe. A Marinha norte-americana mobilizou o barco de resgate USNS Safeguard, de 3.300 toneladas, que transporta 15 mergulhadores. A Força Naval da Coreia do Sul destacou o barco de resgate Tongyeong, de 3.500 toneladas, que conta com 12 especialistas de uma unidade de salvamento, disse o seu porta-voz. As duas forças navais vão fazer exercícios de mergulho em águas profundas e simulações submarinas para melhorar a coordenação em operações de resgate tanto em tempo de paz quanto de guerra. O exercício iniciado hoje faz parte das manobras de grande escala Foal Eagle, que começaram no início de março e se prolongam até o fim deste mês. Os exercícios Foal Eagle e Key Resolve - o último foi realizado em março - são os maiores até agora pelos dois aliados, envolvendo mais de 17 mil efetivos norte-americanos e 300 mil sul-coreanos. A Coreia do Norte, que considera as manobras um ensaio de invasão ao país, respondeu nas últimas semanas com ameaças de guerra e lançamentos de mísseis de curto e médio alcance. Agência Brasil, com informações da Lusa

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor