Advertisement

Congresso dos EUA ameaça regular Facebook

Zuckerberg admite que coleta dados de quem não tem conta na plataforma O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, encontrou um campo minado...

Informática / 12 Abril 2018

Zuckerberg admite que coleta dados de quem não tem conta na plataforma

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, encontrou um campo minado na Comissão de Energia e Comércio da Câmara dos Representantes dos EUA (equivalente à Câmara dos Deputados brasileira) nesta quarta-feira. Um ambiente bem diferente do Senado, onde estivera um dia antes.
Diante da descrença de se manter privacidade dos usuários, parlamentares defenderam legislações para regular a rede social. Alguns congressistas informaram que apresentarão propostas e convida-ram o fundador do Facebook para contribuir com o debate. Ele reiterou que não é contra a regulação – especialmente a autorregulação – mas que é preciso discutir o conteúdo.
Os parlamentares quiseram saber se estaria disposto a mudar seu modelo de negócio, calcado na monetização de dados para vender anúncios. Zuckerberg deu mais uma de suas evasivas respostas: “Eu não tenho certeza do que isso significa.”
O mercado financeiro também não parece ter certeza. Em um dia em que a bolsa Nasdaq caiu 0,36%, as ações do Face tiveram alta de 0,78%, mas após o pregão ficaram praticamente estáveis.
O presidente da companhia admitiu quo Facebook coleta informações não apenas de seus usuários, mas também de outras pessoas sem perfil na plataforma, os chamados “perfis sombra”. “Você disse que todo mundo controla dados, mas você está coletando informações de pessoas que não estão nem cadastradas. O Facebook tem perfis de pessoas que nunca assinaram a plataforma?”, indagou o deputado Ben Luján. “Temos dados de pessoas não cadastradas por razão de segurança”, minimizou Zuckerberg.
O presidente da empresa foi questionado se o Facebook estaria gravando conversas pelos microfones dos celulares. Ele negou a prática. Entretanto, admitiu que o recurso de reconhecimento facial inclui também pessoas presentes em fotografias que não estão cadastradas na plataforma.
O democrata Frank Pallone perguntou se Zuckerberg poderia adotar um compromisso claro de modificação nos padrões da rede para minimizar a coleta de dados pessoais. O fundador do Facebook se esquivou: “Deputado, esta é uma questão complexa que eu acredito que merece mais do que uma única palavra de resposta.” Pallone replicou: “Isto me desaponta.”