Comprar imóvel no Rio ficou 1,5% mais barato em abril; preço médio do m² foi de R$ 7.200

Rio de Janeiro / 11 maio 2017

O preço nominal médio do metro quadrado para venda no Rio de Janeiro atingiu R$ 7.200 em abril 2017, valorização de 1,47% em relação ao mesmo período do ano anterior (R$ 7.095). Em comparação a março deste ano (R$ 7.310), os preços tiveram queda de 1,5%. O estudo é realizado pelo portal VivaReal.

O Dados do Mercado Imobiliário (DMI) VivaReal contemplou amostra de 30 cidades em diferentes regiões do país e considera mais de 2 milhões de imóveis usados disponíveis para compra ou aluguel.

Em comparação com março de 2017, nenhuma das zonas ou bairros apresentaram valorização em abril deste ano. Na capital carioca, a menor desvalorização no preço do metro quadrado para venda ocorreu na Zona Sul (-0,3%). A Zona Oeste foi a região em que os imóveis ficaram mais baratos (-1,4%).

A lista dos bairros cariocas com desvalorização para venda é composta por Pedra de Guaratiba (-18,3%), Paciência (-15,2%), Santíssimo (-12,1%), Cosmos (-10,5%), Inhoaíba (-8,1%), Santa Cruz (-7,4%), Bangu (-6,9%), Guadalupe (-5,9%), Oswaldo Cruz (-5,5%), Ribeira (-4,1%)

O preço nominal médio do metro quadrado para venda no Brasil atingiu R$ 4.810 em abril de 2017. Brasília lidera a lista ao registrar R$ 8.043/m² e é seguida por Rio de Janeiro (R$ 7.200/m²), São Paulo (R$ 6.857/m²), Recife (R$ 6.228/m²), Vitória (R$ 5.728/m²), Salvador (R$ 5.250/m²), Florianópolis (R$ 5.224/m²), Porto Alegre (R$ 5.171/m²), Santos (R$ 5.057/m²) e Campinas (R$ 4.818/m²).

 

Aluguel na cidade sofreu queda de 5% no mês

Ainda segundo o estudo, o preço nominal médio do metro quadrado para aluguel no Rio de Janeiro (RJ) atingiu R$ 32,50 em abril 2017. Segundo o levantamento, o aluguel ficou 5%mais barato em relação ao mesmo período do ano anterior (R$ 34,22). Em comparação a março deste ano (R$ 33,06), os preços tiveram queda de 1,69%.

Em comparação com março de 2017, nenhuma das zonas ou bairros apresentaram valorização em abril deste ano. A Zona Norte manteve o preço estável. Na capital carioca, a menor desvalorização no preço do metro quadrado para aluguel ocorreu na Zona Central (-0,2%). Já a Ilha do Governador teve a maior redução no preço médio (-3,4%).

A lista dos bairros com desvalorização para aluguel é composta por Vila Isabel (-5,9%), Leme (-2,2%), Tijuca (-2,0%), Botafogo (-1,6%), Laranjeiras (-1,3%), Pechincha (-1,1%), Jacarepaguá (-0,9%), Barra da Tijuca (-0,9%), Freguesia - Jacarepaguá (-0,7%), Gávea (-0,7%)

O preço nominal médio do metro quadrado para aluguel no Brasil atingiu o valor de R$ 22,86/m² em abril de 2017. São Paulo lidera a lista ao registrar R$ 35,09/m² e é seguida por Rio de Janeiro (R$ 32,50/m²), Brasília (R$ 31,82/m²), Santos (R$ 29,67/m²), Recife (R$ 25,71/m²) e Salvador (R$ 23,26/m²).

 

Alta generalizada em váris cidades - Já de acordo com o indicador de medição de preços do mercado imobiliário, Índice Properati-Hiperdados (IPH), o preço médio do metro quadrado dos imóveis usados à venda em 50 cidades do país apresentou aumento de 0,43% entre março e abril de 2017. No período de um ano, o índice (que mede 50 cidades) acumulou alta nominal de 3,17%, passando de R$ 6.730 em abril de 2016 para R$ 6.943 no mesmo período de 2017.

Após alguns meses em queda, o preço dos imóveis em São Paulo registrou variação positiva de 1,46% em abril, quando o custo do metro quadrado passou de R$ 8.133 para R$ 8.252. Na comparação anual, os preços tiveram aumento nominal de 0,46% - em abril de 2016, o valor médio do metro quadrado na capital paulista era de R$ 8.214. Se considerada a inflação medida pelo IPCA/IBGE, houve queda de 3,93%.

Segundo este outro estudo, o Rio de Janeiro, por sua vez, se mantém com o metro quadrado mais caro do país (R$ 8.909) com um aumento nominal de 2,3% em relação a março, quando o preço médio do metro quadrado era R$ 8.709. Já na comparação anual, os preços tiveram aumento nominal de 4,1%, com queda real ante à inflação de 0,45%. Em abril de 2016, o valor do metro quadrado era de R$ 8.558.

O preço dos imóveis em Brasília registrou queda de 1,37% em abril, quando o preço passou de R$ 6.032 para R$ 5.949. O custo do metro quadrado no mesmo período do ano passado era de R$ 5.999, o que representa uma queda nominal nos preços de 0,83%. Se considerada a inflação, o tombo foi de 5,17%.

O mercado imobiliário em Belo Horizonte apresentou leve recuo na comparação mensal. A média do metro quadrado passou de R$ 5.927 em março para R$ 5.908 em abril – uma queda de 0,32%. Na comparação anual, os preços dos imóveis em BH caíram 0,17%.Em abril de 2016, o custo do metro quadrado era de R$ 5.918.