Advertisement

Comércio exterior da China atinge alta histórica em 2018

Valor foi 2,7 trilhões de iuanes mais alto que o de 2017.

Informática / 14 Janeiro 2019 - 08:32

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O comércio exterior da China subiu 9,7% anualmente, para uma alta histórica de 30,51 trilhões de iuanes (US$ 4,5 trilhões) em 2018. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela Administração Geral das Alfândegas (AGA).

O valor foi 2,7 trilhões de iuanes mais alto que o de 2017.

"A China lidou efetivamente com as mudanças no ambiente externo no ano passado e o comércio exterior permaneceu em crescimento estável e positivo, atingindo uma alta histórica no volume de importação e exportação", destacou o porta-voz da AGA, Li Kuiwen, em uma entrevista coletiva.

Em 2018, as exportações aumentaram 7,1% em termos anuais, chegando a 16,42 trilhões de iuanes. Já as importações cresceram 12,9%, para 14,09 trilhões de iuanes, resultando em um superávit comercial de 2,33 trilhões de iuanes, queda de 18,3%.

As exportações e importações de produtos sob a categoria de comércio geral subiram 12,5% anualmente, para 17,64 trilhões de iuanes, representando 57,8% do total do comércio exterior, 1,4 ponto percentual acima de 2017.

O comércio da China com a União Europeia, os EUA e os países da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) aumentou 7,9%, 5,7% e 11,2%, respectivamente, com seu volume comercial combinado respondendo por 41,2% do total do comércio exterior da China.

Os negócios com os países ao longo do Cinturão e Rota registraram um crescimento mais rápido do que a média, com o volume comercial somando 8,37 trilhões de iuanes, salto anual de 13,3%.

"A cooperação comercial com os países do Cinturão e Rota se tornou uma nova força motriz para o desenvolvimento do comércio exterior da China", apontou Li.

As empresas privadas desempenharam um maior papel, representando 39,7% do total do comércio exterior, um aumento de 1,1 ponto percentual em relação a 2017.

Li afirmou que "as empresas privadas contribuíram com mais da metade para o crescimento do comércio exterior da China em 2018, um ponto brilhante do desenvolvimento do comércio exterior do país".

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor