Com agenda esvaziada hoje, atenções se voltam ao noticiário político

Audiência pública do Senado para discutir PEC da reforma da Previdência está marcada para 9h; na Câmara, discussão é reforma tributária.

Opinião do Analista / 13:14 - 20 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Bom dia.

.

Atenção segue nas reformas - Com agenda esvaziada hoje, somente com a divulgação da prévia da sondagem da indústria de agosto, com aumento de 0,2 ponto em relação ao número final de julho, as atenções se voltam ao noticiário político. A audiência pública da CCJ do Senado para discutir a PEC da reforma da Previdência está marcada para 9h e, na Câmara, a discussão é sobre a PEC da reforma tributária, às 14h30.

.

Bolsas de lado em dia sem grandes novidades - O dia lá fora começa sem uma direção definida para as principais Bolsas internacionais, que operam sem grandes variações. Mercado segue monitorando os riscos relacionados à desaceleração econômica global e a atuação dos Bancos Centrais para conter esse efeito, além de seguir atento às notícias relativas às negociações comerciais sino-americanas, que seguem em "banho-maria". Destaque negativo lá fora é a Bolsa de Milão, que cai quase 1% enquanto escrevemos esse diário, com a indefinição política italiana pesando no mercado local. O restante da semana promete ser bem mais agitado. Amanhã mercado fica de olho à ata da última reunião do Fomc, na quinta é a vez do BCE divulgar a minuta da última reunião e na sexta começa a reunião organizada pelo Fed em Jackson Hole, quando os investidores esperam sinais mais claros sobre a atuação dos BCs nos próximos meses.

.

Cenário delicado para a Braskem (BRKM5) - Ainda em razão do "afundamento de bairros" em Maceió - AL, o Ministério Público Federal entrou com uma nova ação contra a companhia e "outros réus". Agora, a ação abrange pedidos como a constituição de um fundo privado próprio no valor inicial de R$ 3,075 bilhões, bem como a manutenção de capital de giro em referido fundo no montante de R$ 2 bilhões ou o valor equivalente a 100% das despesas previstas com a execução de programas socioambientais e das medidas emergenciais nos próximos doze meses. Também consta o pedido de garantia de R$ 20,5 bilhões, a proibição da venda de ativos fixos e da distribuição de lucros, além da suspensão de financiamentos e incentivos governamentais, incluindo a antecipação das operações financeiras já existentes. A ação corre em regime de urgência, mas não há previsão de quando será analisada. De toda forma, o rigor do processo e seus potenciais impactos econômico-financeiros devem manter os papéis da Braskem pressionados no curto prazo.

.

Receitas da Randon (RAPT4) e da Fras-Le (FRAS3) avançam - Começando pela Randon, a receita líquida consolidada cresceu 24% em julho frente ao mesmo período de 2018 e 12% ante o mês anterior. Com isso, no acumulado o faturamento chega a R$ 2,9 bilhões, alinhado com o guidance de R$ 5 bilhões no ano. Já na Fras-Le a o avanço foi de 27% na comparação anual e de 10% na mensal. Aqui, o faturamento líquido é de R$ 791,6 milhões esse ano e o guidance é de R$ 1,4 bilhão. Esperamos reação positiva de ambas.

.

B2W (BTOW3) fará aumento de capital - O valor pode chegar à R$ 2,5 bilhões e será feito por meio de emissão privada de 64,1 milhões de novas ações a um preço de R$ 39. O percentual de diluição aos acionistas que não subscreverem será de 12,29%. Vale destacar que a companhia fechou o pregão de ontem com suas ações cotadas a R$ 42,25, ou seja, a oferta representa um deságio de 8,33%. Destacamos que essa capitalização se faz necessária para melhorar a estrutura de capital da B2W, permitindo investimentos para o crescimento de sua plataforma digital, entretanto, consideramos negativo para as Lojas Americanas (LAME4) haja vista que novamente a companhia se compromete a injetar capital em sua subsidiária. A LAME exercerá o direito de preferência, na proporção da sua participação, além de subscrever até a totalidade do eventual saldo de ações não subscritas.

.

Casino aumenta preço da oferta do Pão de Açúcar (PCAR4) - O Casino elevou o preço de aquisição da participação indireta que a Éxito detém no GPA de R$ 109 para R$ 113 por ação. No entanto, o GPA manteve o seu preço anunciado previamente ao mercado de 18.000 pesos colombianos pela totalidade das ações da Éxito. Vale lembrar que a reorganização dos ativos do grupo francês na América Latina, foi anunciada no dia 26 de junho.

.

Dividendo trimestral da Tenda (TEND3) - A construtora vai pagar R$ 0,178 por ação para os investidores posicionados no papel ao final do dia 22 de agosto, próxima quinta. Nessa sexta os papéis já acordam ex-proventos e o pagamento será no dia 3 de setembro. O yield é de 0,72%.

.

Bons negócios.

.

Coinvalores

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor