Advertisement

CNJ investigará ligação de magistrado que puniu Garotinho com Witzel

O Corregedor Nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou nesta terça-feira que o Tribunal Regional Federal da 2ª...

Rio de Janeiro / 11 Outubro 2018

O Corregedor Nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou nesta terça-feira que o Tribunal Regional Federal da 2ª Região apure a conduta do desembargador federal Marcelo Granado, após reclamação impetrada pelo ex-governador Anthony Garotinho. Garotinho alega na reclamação que o desembargador Granado compartilhou post promovendo o candidato Wilson Witzel durante a eleição do primeiro turno para o governo do Rio.
Após a declaração pública em apoio ao ex-juiz, o desembargador aumentou a condenação de Garotinho por suposta formação de quadrilha armada no caso da operação Segurança Pública/SA em julgamento no começo de setembro, a pouco mais de um mês do primeiro turno das eleições.