Classes D e E são quem mais acessa redes sociais

São 119 minutos mensais, seguido pelas classes C e AB, com 101 minutos e 96 minutos, respectivamente.

Informática / 12:42 - 2 de dez de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Pesquisa recente realizada pela Comscore, baseada nos dados do MMX Multi-Plataform, sobre o tipo de conteúdo que os brasileiros consomem na internet revela que as redes sociais são a categoria com maior acesso no Brasil, com uma média de 1h22 por dia, para cada usuário. Desse total, 30 minutos são dedicados a trocas de mensagens instantâneas. Outras quatro categorias foram avaliadas: multicategoria, entretenimento, serviços e games. Embora games não sobressaia em alcance, ele destaca-se por meio do consumo de minutos por visitante.

Baseado no Plan Metrix Multi-Plataform, os dados ainda revelam que as classes sociais D e E são as que apresentam maior afinidade em minutos no uso de mensagens instantâneas, liderando o acesso com 119 minutos mensais, seguidas das classes C e AB, com 101 minutos e 96 minutos, respectivamente. No quesito influência, os usuários que afirmam serem influenciados por celebridades em suas decisões de compras, gastam, em média, 17 horas mensais nas redes sociais.

Outros dados relevantes da pesquisa referem-se ao acesso de vídeos na internet. A plataforma Youtube desponta com um acesso diário de 1,4 bilhão de vídeos vistos, em média, e 46 minutos diários de consumo desse tipo de conteúdo por usuário brasileiro.

Por outro lado, o aplicativoTik Tok, que promove a criação e divulgação de vídeos curtos nas redes sociais - considerado a "nova febre" no Brasil -, registrou aumento de 161% na média de minutos utilizados por usuário brasileiro, com 8 minutos de acesso diário na faixa etária entre 18 a 24 anos.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor