China: polícia recupera US$ 214 milhões em perdas de vítimas de fraudes por telefone

Internacional / 11:58 - 19 de mai de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A polícia chinesa recuperou mais de 1,4 bilhão de iuanes (US$ 214 milhões) de fraudadores via telefone em uma campanha lançada em novembro. Os resultados se devem à solução de mais de 44 mil casos de fraude pela polícia em todo o país, envolvendo mais de 20 mil suspeitos e 530 mil contas bancárias congeladas, segundo os dados do Ministério da Segurança Pública (MSP). Pelo menos 15 vítimas receberam 5,8 milhões de iuane em dinheiro roubado, disse a polícia, acrescentando que ser ainda preciso verificar mais informações e confirmar as vítimas antes de retornar todo o dinheiro roubado. Yang Dong, alto oficial do MSP, disse que a aplicação da lei conjunta entre a polícia e as instituições financeiras tem sido um modo efetivo para combater a fraude feita por telefone e celular. Porém, o dinheiro recuperado é apenas uma fração pequena do total roubado de pessoas na parte continental da China. Dos aproximadamente 590 mil casos de fraude desse tipo relatados em 2015, a quantia fraudada superou 22,2 bilhões de iuanes, com mais de 10 bilhões de iuanes transferidos para Taiwan. No início deste ano, com a ajuda das agências de aplicação da lei locais, a polícia chinesa desmantelou várias quadrilhas de fraude com base no Quênia e Malásia e 174 suspeitos foram repatriados para a parte continental. O MSP disse que as agências de aplicação da lei em Taiwan concordaram em ajudar a recuperar e retornar o dinheiro roubado para a parte continental. Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor