Advertisement

China medeia segundo encontro entre Trump e Kim Jong-un

Data ainda não foi definida, mas a disposição foi apresentada por Kim Jong-un ao presidente da China, durante visita a Pequim.

Internacional / 16:15 - 10 de Jan de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O presidente dos EUA, Donald Trump; e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un; devem ter um segundo encontro. A data ainda não foi definida, mas a disposição foi apresentada pelo norte-coreano em conversa com o presidente da China, Xi Jinping, durante visita a Pequim.

Os EUA e a Coreia do Norte estão em negociações para marcar uma segunda reunião de Kim-Trump. Kim concluiu ontem a visita de quatro dias à China ao se reunir com Xi Jinping. A China é um dos mediadores da reunião entre Coreia do Norte e EUA.

No último domingo, Trump disse que os EUA e a Coreia do Norte estavam negociando o local para a realização da próxima cúpula. No primeiro encontro, em junho do ano passado, em Cingapura, ambos se comprometeram a trabalhar pela desnuclearização.

Segundo a Agência Xinhua, o norte-coreano afirmou que "continuará mantendo a postura de desnuclearização e resolvendo a questão da Península Coreana por meio do diálogo”.

Porém, a KCNA, agência pública de notícias da Coreia do Norte, informou que Kim "aumentou a preocupação”.

 

Agência Brasil, com informações da Deustche Welle e da Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor