Advertisement

China expande bancos e a utilização do iuan

Abertura do mercado interno visa obter acesso ao sistema internacional A China será mais corajosa na abertura do setor financeiro, disse...

Internacional / 10 Março 2018

Abertura do mercado interno visa obter acesso ao sistema internacional

A China será mais corajosa na abertura do setor financeiro, disse Zhou Xiaochuan, presidente do Banco Central, nesta sexta-feira. Segundo ele, a abertura inclui não apenas ampliação do acesso ao mercado interno para investidores estrangeiros, mas também a expansão mundial das instituições financeiras chinesas e a promoção do uso global do iuan.
 “A globalização do iuan será um processo gradual”, assinalou Zhou à agência de notícias Xinhua, apontando que o BC trabalhará para fortalecer a conexão entre o mercado de capital chinês e outros mercados, impulsionando ao mesmo tempo a convertibilidade de contas de capital.
Entretanto, garantir o tratamento igual dos investidores chineses e estrangeiros não significa o relaxamento da regulamentação, disse Yi Gang, vice-presidente do BC. As instituições financeiras estrangeiras estarão sujeitas à mesma regulamentação que as chinesas a fim de conter os riscos e proteger a estabilidade financeira.
“Pesquisamos a maioria das políticas e procuraremos novas oportunidades para avançar o progresso”, disse Zhou em uma entrevista coletiva à margem da sessão anual da Assembleia Popular Naci-onal (APN). A China abrirá seu setor financeiro ao investimento estrangeiro através de medidas como igualar os padrões de entrada no mercado para os bancos chineses e estrangeiros.