Advertisement

China debate e apresenta o que há de mais moderno em IA

Informática / 16 Maio 2018

Começou nesta quarta-feira na cidade chinesa de Tianjin, a duas horas ao norte da capital Pequim, o 2°Congresso Mundial de Inteligência.

A ideia é reunir cerca de 3.500 participantes dos meios acadêmico, de negócios e industrial, assim como representantes de vários governos do mundo para debater o que se chama de “Quarta Revolução Industrial”: a inteligência artificial.

O ponto alto deste ano é a presença de Jack Ma, CEO do Alibaba; e Robin Li, do Baidu.

Em paralelo ao congresso, há a World Intelligence Expo, com estandes de empresas como a YouYou Cloud, Microsoft e Panasonic e cuja estimativa é ser visitada por cerca de 65 mil pessoas.

Entre as inovações apresentadas na exposição deste ano estão alguns sites de reconhecimento facial, não só para segurança, mas também para estudos de marketing (foto), que identifica o sexo e a idade do consumidor, quanto tempo olha para o produto e se esboça alegria ou indiferença quando observa o objeto de consumo.

 

J.C.Cardoso, de Pequim