Advertisement

Casino vende mais na França enquanto na AL a queda chega a 7,5%

O grupo varejista francês Casino, que no Brasil controla o Grupo Pão de Açúcar (GPA), informou nesta quinta-feira que teve...

Mercado Financeiro / 19 Outubro 2018

O grupo varejista francês Casino, que no Brasil controla o Grupo Pão de Açúcar (GPA), informou nesta quinta-feira que teve crescimento das vendas no terceiro trimestre, refletindo melhor desempenho na França. As vendas totais na França marcaram expansão de 1,5% para 5,28 bilhões de euros, enquanto na América Latina houve queda de 7,5% para 3,63 bilhões de euros.

O Casino enfrenta preocupações de investidores sobre seu elevado endividamento. Na quarta-feira, o grupo reportou crescimento de 21,2% nas vendas do terceiro trimestre, graças ao robusto desempenho de mercados emergentes e aquisições no Brasil e Tailândia.

Globalmente, as vendas do Casino no terceiro trimestre somaram 8,922 bilhões de euros, em linha com a previsão média de analistas. Desconsiderando aquisições, efeitos cambiais e receitas com combustíveis, houve alta de 5,4%, ante 5,2% no segundo trimestre. Na França, o grupo com o Carrefour e as redes privadas de varejo francesas Leclerc, Intermarche e Auchan.

A ação do grupo francês acumula queda de quase 20% em 2018, parcialmente influenciada por preocupações sobre o balanço do Casino e a capacidade da subsidiária Rallye de refinanciar a dívida.

A empresa, que já percorreu mais da metade do caminho para atingir a meta de vender 1,5 bilhão de euros em ativos até o começo de 2019 para reduzir a dívida, disse que mantém as metas financeiras para o ano.

A classificação de risco do Casino foi cortada para junk pela agência Standard & Poor’s em março de 2016, e a companhia está sob crescente pressão para mostrar que é capaz de retomar o lucro na França, enquanto as condições seguem difíceis no Brasil, onde o grupo controla o GPA.

O diretor financeiro do Casino disse ainda que o processo de venda da rede de móveis e eletrodomésticos Via Varejo no Brasil continua em andamento e que não há novidades.