Advertisement

Cabo Frio e São Pedro da Aldeia abrem a temporada 2018 do projeto Cine Autorama

Empresas / 15 Maio 2018

O Cine Autorama, projeto de cinema ao ar livre que retoma o modelo do charmoso drive-in, onde as pessoas assistem aos filmes no conforto dos próprios carros, divulga sua Temporada 2018. A programação procura mesclar filmes nacionais e estrangeiros, retrô e atuais.

Um dos grandes diferenciais do projeto é a transmissão do som do filme feita pelo rádio FM. As pessoas podem sintonizá-lo pelo rádio do carro ou pelo celular. Além disso, a exibição acontece mesmo com frio e chuva, já que os espectadores estão dentro dos seus veículos.

De maio a agosto serão realizados 20 eventos em oito cidades de seis estados brasileiros, sempre começando com uma mostra de curtas de até 30 minutos e, logo na sequência, o longa-metragem. Na maioria das cidades, no primeiro dia, o longa é internacional e no segundo dia é exibido um filme brasileiro. O Cine Autorama visitará Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, no Rio de Janeiro; Campo Grande, no Mato Grosso do Sul; Sorriso e Sinop, no Mato Grosso; Teresina, no Piauí; Timon, no Maranhão; e Barcarena, no Pará.

A entrada é sempre franca e em cada cidade as pessoas devem reservar seus lugares nas sessões através do site do projeto (www.cineautorama.com.br).

A Temporada 2018 do Cine Autorama - que foi viabilizada através da Lei de Incentivo à Cultura e tem no Rio de Janeiro o patrocínio da Prolagos e o apoio da Aegea Saneamento, Sices Brasil, Grupo Casal, Havan, Secretaria de Cultura de Cabo Frio, Secretaria de Cultura de São Pedro da Aldeia - é uma realização da Brazucah Produções, Secretaria do Audiovisual e Ministério da Cultura.

As duas primeiras cidades a receber este ano programação do Cine Autorama são Cabo Frio, dias 16 e 17 de maio; e São Pedro da Aldeia, dias 19 e 20 de maio, ambas no Rio de Janeiro.

Nostalgia

Nos tempos em que filmes podem ser assistidos em casa em televisores de alta definição ou nos mais diversos lugares através de tablets e celulares, o encanto do cinema drive-in está de volta. Pelo quarto ano seguido, a Brazucah Produções apresenta o Cine Autorama, projeto de cinema itinerante com exibições de filmes ao ar livre para serem assistidos pelas pessoas dentro dos seus próprios automóveis. Na Temporada 2018, de maio a agosto o projeto fará 20 sessões em oito cidades de seis estados do País. As duas primeiras cidades a receberem este ano a programação do Cine Autorama serão Cabo Frio, dias 16 e 17 de maio; e São Pedro da Aldeia, dias 19 e 20 de maio, ambas no Rio de Janeiro. Depois, o projeto visita Campo Grande, no Mato Grosso do Sul; Sorriso e Sinop, no Mato Grosso; Teresina, no Piauí; Timon, no Maranhão; e Barcarena, no Pará. Na maioria das localidades, a programação é de dois dias, com exceção de Campo Grande e Teresina, cada uma com quatro dias de sessões.

Em cada dia, acontece a exibição por 30 minutos de curtas-metragens e, na sequência, de um longa-metragem. A entrada é sempre franca, mas as pessoas devem reservar seus lugares nas sessões através do site do projeto (www.cineautorama.com.br). Quem não conseguir reservar vagas pelo site ou mesmo decidir de última hora ir assistir à sessão, pode ir até o local e aguardar na fila de espera.

A Temporada Cine Autorama 2018 procura mesclar filmes nacionais e estrangeiros, retrô e atuais. Na maioria das cidades, o primeiro dia é exibido um filme estrangeiro e no segundo um filme nacional. Foi viabilizada através da Lei de Incentivo à Cultura, tem no Rio de Janeiro o patrocínio da Prolagos e o apoio da Aegea, Sices Brasil, Grupo Casal, Havan, Secretaria de Cultura de Cabo Frio, Secretaria de Cultura de São Pedro da Aldeia. É uma realização da Brazucah Produções, Secretaria do Audiovisual e Ministério da Cultura.

Em Cabo Frio, a programação traz no primeiro dia, quarta-feira a exibição de curtas, a partir das 19h30 e, às 20h, do filme “De volta para o Futuro II”, dirigido por Robert Zemekins, com Christopher Lloyd, Michael J. Fox, Lea Thompson, Elisabeth Shue e Thomas F. Wilson no elenco. Já na quinta-feira, 17 de maio, após a exibição dos curtas, será mostrado, às 20h, o filme “Tudo que aprendemos juntos’, dirigido por Sérgio Machado, com um elenco formado por atores como Lázaro Ramos, Fernanda de Freitas e Sandra Carveloni. Os dois dias de sessões acontecem no Pátio da Concessionaria Casal, no Trevo de São Cristóvão S/N.

Em São Pedro da Aldeia, no sábado, após os 30 minutos de curtas, começa às 20h a premiada animação “Moana – um Mar de Aventuras”, dos diretores John Musker e Ron Clements, No domingo, depois dos curtas-metragens, o público assistirá, a partir das 20h, ao “O filme da minha vida”, dirigido por Selton Mello, com elenco formado por nomes como Vincent Cassel, Bia Arantes, Johnny Massaro, Bruna Linzmeyer, Rolando Boldrin e o próprio Selton Mello. As sessões acontecem no estacionamento da Havan, à rua Deputado Márcio Corrêia, (RJ 140), S/N, no bairro de Campo Redondo.

Mesmo com um pé fincado na nostalgia, o Cine Autorama tem o outro pé na modernidade. A equipe percorre o Brasil em uma van, equipada com projetor de alta luminosidade, e na exibição dos filmes o áudio é transmitido de forma inovadora: através de uma estação de rádio FM. “Basta ligar o rádio do carro ou mesmo sintonizar através do smartphone”, conta Marco Costa, da Brazucah Produções, coordenador do projeto. Além disso, a exibição acontece mesmo com frio e chuva, já que os espectadores estão dentro dos seus carros. “Nossa estrutura lembra muitas vezes a de um circo, já que montamos tudo rapidamente, em um único dia. Nas diversas cidades, as pessoas ficam encantadas”, acrescenta Marco Costa.

O Cine Autorama é montado em espaços públicos amplos que comportam, dependendo da área oferecida pela cidade, entre 50 e 200 carros. Na chegada, após passar por um pórtico de entrada, o público (formado por casais e famílias inteiras) é recepcionado por promotores que oferecem orientações e a programação. Se o espectador precisa de mais alguma informação ou ajuda, basta ligar o pisca-alerta, que logo um monitor vai até o carro. Em cada cidade são disponibilizados 40 assentos ao ar livre para pessoas que não dispõem de veículos.

De acordo com Marco Costa, a escolha dos filmes passa por uma análise criteriosa. “A curadoria dos filmes de 2018 foi elaborada levando em consideração a experiência de três anos do projeto, dois deles percorrendo o interior dos estados de São Paulo (2016 e 2017) e Rio Grande do Sul (2017). Percebemos que é fundamental ter filmes conhecidos, capazes de atrair o público para conhecer o evento”, conta o coordenador, que acrescenta: “Verificamos um alto índice de aprovação do público ao assistir aos filmes antigos clássicos, mas também constatamos o desejo de assistir a filmes recentes. Por isso mesclamos na programação os filmes mainstream, com grande capacidade de atração, mas não deixamos de lado o comprometimento que temos, como empresa de difusão de conteúdos brasileiros, de mostrar as principais produções nacionais, assim como filmes que promovam a sustentabilidade e a diversidade. Vale ressaltar que os filmes mainstream selecionados também trabalham temáticas relevantes para o nosso contexto social. Um bom exemplo é Mulher Maravilha, que traz à tona a questão de gênero e da representatividade da mulher”.

Os filmes selecionados para a programação em 2018 são: “Tudo que Aprendemos Juntos” (2015), do diretor Sérgio Machado; “O Filme da Minha Vida” (2017), do diretor Selton Mello; “De Volta para o Futuro 2” (1989), do diretor Robert Zemeckis; “Moana: Um Mar de Aventuras” (2016), dos diretores Ron Clements e John Musker; e “Mulher-Maravilha” (2017), da diretora Patty Jenkins.