Advertisement

Brasileiro gastou mais no e-commerce em abril

Valor manteve-se razoavelmente estável de um ano para outro; tíquete médio teve variação negativa de 1,4%, totalizando R$ 417,40 por compra.

Conjuntura / 13 Maio 2019 - 11:30

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A lenta retomada da economia já traz resultados significativos dentro do varejo virtual. De acordo com dados do Compre & Confie, em abril deste ano foram registrados 12 milhões de pedidos, que geraram R$ 5 bilhões em faturamento.

Os números representam avanço significativo em relação ao mesmo período do ano passado: o número de compras aumentou 11,9% e a cifra registrou incremento nominal de 10,3% ante abril de 2018.

"As compras para o período da Páscoa e os preparativos para o Dia das Mães impulsionaram este aumento. Consumidores estão cada vez mais familiarizados com o ambiente virtual e cada vez mais se sentem confiantes para consumir em e-commerces", afirma André Dias, diretor-executivo do Compre & Confie.

Apesar disso, o valor das compras se manteve razoavelmente estável de um ano para outro. Ao analisar o tíquete médio, é possível perceber que teve variação negativa de 1,4%, totalizando R$ 417,40 por compra.

"A redução reflete a estabilidade do poder de compra do consumidor ao longo do tempo. Ele continua procurando por itens de alto valor agregado no ambiente online, mas ainda não tem confiança suficiente para se arriscar a gastar muito mais", finaliza Dias.

 

Walmart, na contramão - Em compensação, em comunicado divulgado na última sexta-feira, o Walmart anuncia o fim de suas vendas online no Brasil. Na nota, a companhia informa que o comércio eletrônico representa uma "parcela mínima das vendas totais" e que manterá seu foco no potencial de crescimento dos segmentos de atacado, clube de compras e varejo físico. O Walmart informou, ainda, que trabalha em uma nova estratégia de negócio. Em seu site, a companhia afirma que "trabalhará em um novo projeto que vai oferecer (aos clientes) uma melhor experiência online". Hoje, o Walmart conta com 400 lojas pelo país. No comunicado, a empresa diz que "está trabalhando em uma nova estratégia omnichannel, que será anunciada ao mercado".

 

Com informações do Portal Giro News

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor