Advertisement

Brasil tem uma tentativa de fraude a cada 16,6 segundos

Conjuntura / 12 Março 2018

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude, em janeiro de 2018, foram registradas no Brasil 161.097 tentativas, representando uma alta de 7,1% em relação a dezembro de 2017. Isso significa uma tentativa de fraude a cada 16,6 segundos. Já na comparação com janeiro de 2017 (161.355), o índice apresentou leve queda de 0,2%.

Segundo os economistas da Serasa Experian, os golpistas podem estar aproveitando o aquecimento do consumo ao crédito para aplicar fraudes, já que momentos de maior fluxo de pessoas podem ser considerado como ambiente propício pelos fraudadores. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que buscou crédito em janeiro de 2018 cresceu 5,3%.

O setor de serviços teve a maior representatividade (37,2%) no índice de janeiro de 2018, mas o maior crescimento no mês veio do segmento de bancos e financeiras, que representa 25,1% do total. A telefonia registrou participação de 30,5%, varejo 6,0% e os demais 1,2%.

A fraude de identidade acontece quando dados pessoais de um consumidor são usados por terceiros para firmar negócios sob falsidade ideológica ou obter crédito sem a intenção de honrar os pagamentos. De acordo com estudos da Serasa, basta perder um documento pessoal para dobrar a probabilidade de o cidadão ser vítima de um golpe.