Brasil tem cerca de 1 milhão de casamentos por ano

Empresas / 06 Dezembro 2017

Mesmo com a crise econômica, projetos de casamento não se abalam. Estatísticas feitas pelo IBGE apontaram o crescimento progressivo de matrimônios no Brasil, com mais 1 milhão de uniões por ano, de comemorações simples a bem sofisticadas e luxuosas. Já o Instituto Data Popular apurou um crescimento anual médio de 10,4% em gastos com festas e cerimônias matrimoniais, confirmando que o nicho casamento amplia oportunidades de negócios, apesar dos tempos apertados.

Mas inexistem milagres neste mercado. Não basta amar para que dê certo a empreitada de produzir uma cerimônia que faça todo mundo feliz (inclusive no item custo). É preciso encontrar assessores que entendam do riscado e, sobretudo, do mundo digital. Se o meio eletrônico se consolidou como ferramenta de acesso a informações úteis, estratégicas e competitivas, não basta “entrar” na Internet para achar aquilo que se quer. Especialmente em um evento que envolve bem mais do que se imagina: chá dos noivos, despedida de solteiro e solteira, escolha do local, recepção, música, estilo etc.

Estima-se que, para preparar uma cerimônia, são acionados no mínimo de 38 a 42 serviços diferentes. Além disso, novos tempos trazem situações novas: transportes curiosos para a noiva, como motocicleta, bicicleta e até ônibus, no lugar do tradicional carro de luxo; matrimônios homoafetivos, que aumentaram em 51,7% no país desde 2013; bichos de estimação no papel de dama de honra; danças coreografadas, que chegam a viralizar fazendo dos noivos verdadeiras estrelas.

É reduzida a lista dos empreendedores que sabem selecionar a melhor relação qualidade/preço e oferecem um cardápio de serviços diversificado e confiável. “A concorrência entre fornecedores é grande; mas garimpando e com critérios bem definidos podemos destacar os mais criativos, antenados, experientes e com preços sedutores”, afirmam as designers Mariana Grojsgold e Luísa Müller que criaram o portal “Casar é um Barato”, empresa que as transformou em referência no assunto, verdadeiro termômetro dos modelos de casório em voga. “A ocasião gera muita expectativa e os interessados buscam quem responde com eficiência e tranquilidade demandas pessoais que caibam em seus bolsos. A gente acaba sendo como um profissional multifuncional, misto de administrador, prestador de serviço, conselheiro, comunicador, webmaker”, afirmam.

Ainda segundo pesquisa do Data Popular, os serviços mais contratados são decoração, entretenimento e alimentação, e a internet se mantém como o principal canal, pelo dinamismo. Neste aspecto, a dupla de empreendedoras destaca os benefícios da interatividade e a possibilidade de fornecerem informações e indicarem profissionais que evitem problemas, em aspectos variados, seja no modelo de convite ou no gerenciamento financeiro que ajudará no planejamento, evitando o susto de cobrança de credores em plena lua de mel. A empresa Finanças Femininas chama a atenção para o uso inteligente da internet, quando se está envolvido em um evento com um valor simbólico tão forte. É prudente fuçar sites de proteção ao consumidor, como o Reclame Aqui, e fugir de amadores.

Indagadas sobre o sucesso de uma empresa que, em apenas 4 anos, alcançou 1,5 milhão de seguidores em 2017, com publicações no Facebook que variam de 5 a 10 milhões de acessos por semana e com um site com 2 milhões de pageviews por mês, Mariana e Luisa brincam, lembrando de como tudo começou: “Ter filho também não é fácil! A ideia de montar o negócio surgiu quando nós duas, grávidas, mudamos de profissão para poder curtir a maternidade. Tivemos de lidar com as demandas naturais de bebês enquanto desenvolvíamos o projeto. Foi o maior aprendizado no item gerenciamento. Depois a gente se preparou técnica e tecnologicamente, para ter agilidade e sintonia com os clientes, tanto noivos quanto fornecedores.”

Para quem quer se lançar na área sugerem: manter o foco, estar atento a tendências, participar de Feiras de Negócios sugeridas pelo Sebrae, persistir, gostar do que faz, saber se comunicar e dominar ferramentas como automação de marketing, gerenciamento de campanhas, otimização de páginas web etc. Indagadas sobre os maiores desafios enfrentados pelos noivos e seu entourage (familiares, amigos, palpiteiros) destacam a adequação do orçamento ao número de convidados. Cortar alguém da lista vira um pesadelo, para muitos. Já os fornecedores, querem feedback permanente dos clientes, para se aprimorarem. “A festa de casamento tem que ser uma experiência única, porque reflete uma etapa especial do relacionamento e prospecta uma nova fase não só para duas pessoas, mas para duas famílias”. No fundo, é esta a filosofia do Casar é um barato, a empresa que tem o espírito de projetar para prosperar. Este é um perfil da nova geração feminina no mundo do empreendedorismo. Mulheres que abraçam maternidade e trabalho.