BNDESPar lucra quase R$ 8 bilhões no semestre

Desinvestimento: venda de ações da Fibria, Petrobras, Vale, Rede Energia e Linx.

Mercado Financeiro / 22:52 - 14 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A BNDES Participações S.A. (BNDESPar), subsidiária de participações acionárias do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, registrou lucro líquido acumulado de R$ 7,96 bilhões no primeiro semestre de 2019. O valor representa crescimento de 107,5% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando o lucro da empresa totalizou R$ 3,84 bilhões.

O resultado positivo é explicado principalmente pelo resultado acumulado com participações societárias de R$ 12,61 bilhões entre janeiro e junho desse ano – ante R$ 5,12 bilhões na primeira metade de 2018. O resultado acumulado no segundo trimestre foi negativo em R$ 650 milhões em decorrência da revisão da classificação de riscos para efeitos de provisionamento contábil.

Entre os desinvestimentos realizados pela BNDESPar, a venda de ações de Fibria, Petrobras, Vale, Rede Energia e Linx totalizou R$ 10,54 bilhões, respondendo por mais de 95% do resultado com alienações. Equivalência patrimonial, dividendos e juros sobre o capital próprio contribuíram com R$ 1,49 bilhão para o resultado semestral.

 

Ativos e passivos

 

 Em 30.6.2019, o ativo total da BNDESPAR atingiu R$ 111,77 bilhões, um aumento de 4,4% em relação a 31.12.2018, explicado principalmente pela valorização de R$ 5,81 bilhões da carteira de participações em sociedades não coligadas, com destaque para as ações da Petrobras, Eletrobras e Suzano. No segundo trimestre, houve redução da carteira de debêntures e recebíveis no valor de 2,04 bilhões, em razão da reavaliação do risco crédito de empresas componentes da carteira.

O pagamento de dividendos obrigatórios referentes ao lucro de 2018, no montante de R$ 1,4 bilhão, e a liquidação das debêntures emitidas, no valor de R$ 2,01 bilhões, contribuíram para a queda de R$ 3,40 bilhões do passivo da BNDESPAR no semestre.

Em 30 de junho de.2019, o patrimônio líquido da BNDESPAR alcançou R$ 101,15 bilhões, um crescimento de R$ 8,10 bilhões no semestre, decorrente principalmente do lucro acumulado no período – R$ 7,96 bilhões – e do ajuste de avaliação patrimonial da carteira de participações em sociedades não coligadas, com impacto de R$ 2,03 bilhões, líquido de tributos, parcialmente compensado pelo pagamento de dividendos complementares referentes ao lucro de 2018 no valor de R$ 2 bilhões.

O resultado financeiro semestral das empresas BNDES e Finame e do Sistema BNDES (Banco e suas duas subsidiárias, BNDESPAR e Finame) será divulgado até o final de agosto.

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor