BNDES apaga a luz e sai da Light

Banco detinha quase 6% do capital da distribuidora de energia. Cotação da ação subiu nesta quarta.

Mercado Financeiro / 21:59 - 15 de jan de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Nesta quarta-feira, a Light comunicou aos acionistas e ao mercado que, entre 26 de dezembro de 2019 e 15 de janeiro, a BNDESPar – BNDES Participações alienou a totalidade das 19.140.808 ações ordinárias que detinha no capital social da distribuidora de energia e, portanto, deixou de ser acionista.

O BNDESPar detinha 5,96% do capital da Light. O principal acionista é a Cemig, com 22,58% das ações. Mais de 70% estão pulverizadas no mercado, entre 31.836 pessoas físicas, 535 pessoas jurídicas e 154 investidores institucionais.

O valor da venda não foi informado, mas a uma cotação em torno de R$ 23 no período mencionado, a operação deve ter girado em torno de R$ 440 milhões. A cotação da ação da Light subiu 1,96% nesta quarta-feira, para R$ 23,41. A máxima atingida em 52 semanas foi de R$ 24,13.

A alta foi na contramão do mercado brasileiro. O índice Bovespa caiu 1,04%, e o índice que acompanha o setor de energia (IEE) ficou estável (queda de 0,05%).

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor