BC chinês injeta liquidez no mercado

PBoC conduziu US$ 35,36 bi em acordos de recompra reversa de sete dias à taxa de juros de 2,55%.

Mercado Financeiro / 11:09 - 22 de out de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Banco Popular da China (PBoC, o Banco Central do país) injetou fundos no sistema financeiro nesta terça-feira.

A instituição conduziu 250 bilhões de iuanes (US$ 35,36 bilhões) em acordos de recompra reversa de sete dias à taxa de juros de 2,55%.

Sem acordo de recompras reversas vencido nesta terça-feira, isso resultou em uma injeção líquida de 250 bilhões de iuanes.

Um acordo de recompra reversa é um processo pelo qual o banco central compra valores dos bancos comerciais por licitação, com um acordo para vendê-los de volta no futuro.

Em 2019, a China manterá sua política monetária prudente "nem muito rigorosa nem muito frouxa" e uma liquidez no mercado em um nível razoavelmente amplo.

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor