Bancos chineses relatam deficit em liquidação de divisas em julho

Compras de divisas pelos bancos ficaram em 1,11 trilhão de iuanes no mês passado; vendas atingiram 1,15 trilhão de iuanes.

Internacional / 14:46 - 20 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os bancos comerciais da China registraram um deficit líquido de divisas de 42,3 bilhões de iuanes (US$ 6,1 bilhões) em julho, informou o regulador de divisas do país nesta segunda-feira.

De acordo com a Administração Estatal de Divisas (AED), a leitura diminuiu em relação aos 132,8 bilhões de iuanes registrados em junho.

As compras de divisas pelos bancos ficaram em 1,11 trilhão de iuanes no mês passado, enquanto as vendas atingiram cerca de 1,15 trilhão de iuanes.

Os dados levaram a um deficit de 267,1 bilhões de iuanes para os primeiros sete meses do ano, de acordo com a AED.

Sobre os dados, a porta-voz Wang Chunying disse que as vendas e compras de divisas pelos bancos comerciais tornaram-se mais equilibradas, e o mercado cambial manteve-se estável.

Além das flutuações dos mercados financeiros mundiais neste mês, Wang observou que o pagamento transfronteiriço do país manteve-se estável no geral, o que evidenciou que as sólidas bases econômicas do país deram suporte à estabilidade do mercado de câmbio.

O país vai manter a continuidade e a estabilidade de suas políticas de regulação de divisas, e continuar a facilitar e liberalizar o comércio e o investimento internacionais.

 

Agência Xinhua

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor