Advertisement

Banco de fomento rural da China aumentará apoio à redução da pobreza

O banco de fomento rural da China prometeu aumentar os empréstimos para facilitar o trabalho de alívio da pobreza, pois o governo...

Internacional / 16 Abril 2018

O banco de fomento rural da China prometeu aumentar os empréstimos para facilitar o trabalho de alívio da pobreza, pois o governo fortalece os esforços para vencer a batalha crucial contra a pobreza.

O Banco de Desenvolvimento Agrícola da China pediu que suas agências provinciais em 22 regiões assumam a responsabilidade pelo trabalho de redução da pobreza, pois a China pretende tirar todos os carentes da pobreza até 2020.

Os empréstimos líquidos para a redução da pobreza com precisão devem responder por pelo menos 50% dos empréstimos totais deste ano, segundo Qian Wenhui, chefe do banco de fomento.

No período 2016-2017, o banco emprestou 1 trilhão de iuanes (US$ 159 bilhões) para a redução da pobreza, segundo Qian.

A China tirou mais de 60 milhões de pessoas da pobreza nos últimos cinco anos, com a taxa de pobreza caindo de 10,2% para menos de 4%.

Existiam cerca de 30 milhões de chineses ainda vivendo abaixo da linha da pobreza nacional no fim do ano passado, segundo o Departamento Nacional de Estatísticas.

 

Agência Xinhua