Advertisement

Avianca Argentina irá operar voos internacionais regulares no Brasil

Operação, com aval da anac, inclui voos de passageiros e carga.

Empresas / 22:07 - 09 de jan de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a companhia aérea argentina Avian Lineas Aéreas (Avianca Argentina) a operar no Brasil voos internacionais regulares de passageiros e carga. Em 2018, a Anac concedeu permissão para a chilena Sky Airline operar voos internacionais regulares no país.

Em dezembro último, o governo brasileiro permitiu a liberação de até 100% de participação estrangeira nas empresas aéreas nacionais, o que irá estimular a vinda das aéreas estrangeiras ao país. Discutida há anos no Congresso, a elevação de participação estrangeira em aéreas - cujo teto era de 20% - veio dias após a Avianca, quarta maior empresa do setor, pedir recuperação judicial. O governo Temer negou relação entre a edição da MP e a situação da Avianca

A Avianca Brasil iniciou em 21 de dezembro de 2018 as vendas de passagens para a rota internacional operada pela Avianca Argentina, que liga diariamente o aeroporto Aeroparque Jorge Newbery a Guarulhos (SP). O voo inaugural será realizado em 5 de fevereiro e, em 19 de fevereiro, inicia-se a segunda frequência entre as capitais. Os passageiros viajarão a bordo de A320 com capacidade para 162 passageiros em classe única.
A nova rota faz parte de um plano para fortalecer a atuação da companhia na América Latina. No início de dezembro, a Avianca Brasil entrou com pedido de recuperação judicial alegando que a medida foi para proteger sua frota e garantir a realização de todos os voos programados. 
Por meio de um acordo interline entre as duas companhias, os passageiros brasileiros terão ainda acesso aos nove destinos atendidos pela Avianca Argentina. Na lista estão Montevidéu, Punta del Este, Mar del Plata e Rosário. Os argentinos, por sua vez, também poderão se conectar aos destinos oferecidos pela Avianca Brasil.

 

Aumento do fluxo aéreo

 

O Brasil recebeu quase 64 mil voos internacionais em 2018, o que corresponde um aumento de 8% em relação ao observado no ano passado, segundo dados levantados pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) a partir de informações fornecidas pela Anac e companhias aéreas.

Segundo estimativa da Embratur, a quantidade de voos internacionais subiu 29%, de 49.557 em 2010 para 63.788 de 2018. Entre as cidades que mais receberam voos internacionais, Curitiba (PR) ocupa o primeiro lugar da lista, com aumento de 61% em relação a 2017.

Dados da Anac, as quatro maiores companhias aéreas nacionais, que detêm 99% do Market-share doméstico, acumularam prejuízo de R$ 2 bilhões nos três primeiros trimestres do ano passado, com exceção somente da Azul e da Latam, que registraram lucro líquido no período.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor