Atividade na construção tem a menor queda em 6 anos

Segundo a CNI, níveis de atividade e emprego melhoraram gradativamente desde o começo deste ano.

Conjuntura / 23:31 - 23 de ago de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os indicadores de atividade e de emprego na indústria da construção alcançaram, em julho, o maior valor dos últimos seis anos, informou nesta sexta-feira a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A Sondagem Indústria da Construção mostra que o índice de nível de atividade aumentou 0,2 ponto frente a junho e ficou em 48,4 pontos em julho. O índice de número de empregados teve leve alta de 0,1 ponto e foi para 47,3 pontos. No entanto, os dois indicadores continuam abaixo dos 50 pontos, o que mostra queda da atividade e do emprego, observa a pesquisa.
“Entretanto a queda é cada vez menos intensa e menos disseminada no setor. Os níveis de atividade e emprego melhoraram gradativamente desde o começo deste ano”, diz o levantamento.
De acordo com a pesquisa, o nível de utilização da capacidade operacional ficou em 57% em julho, mesmo patamar registrado em junho, e 5 pontos percentuais acima da média histórica. Isso signi-fica que o setor operou com 43% do pessoal, das máquinas e dos equipamentos parados no mês passado. 
 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor