Análise TAM

Opinião do Analista / 13:26 - 6 de out de 2000

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A TAM (Transportes Aéreos Del Mercosur) foi rebatizada em setembro de 1996, concretizando um sonho de seu comandante, Rolim Adolfo Amaro, que era de ver sua bandeira cruzando os céus de todo o sul. Suas rotas incluem mais de 90 linhas pelo interior do Brasil, além da ponte aérea Rio-São Paulo). Possui a Helisul, que realiza transporte no norte e centro-oeste (além de jatos executivos), e é lider nacional dos serviços de taxis aéreos, com mais de 5 mil clientes cadastrados. Integra o grupo de empresas lideradas pela Hold TAM - companhia de investimentos em transportes. Em 1998, a empresa contratou a aquisição de 38 Aeronaves Airbus A-319 e A-320, para serem entregues entre 1999 e 2000. Até junho de 2000, foram recebidas seis Aeronaves A-319 e duas A-320 (sendo duas destas pela modalidade de leasing operacional e seis por leasing financeiro). Em 30 de junho de 2000, sua frota de aeronaves era composta por 40 Fokker 100, 3 Fokker 50, 6 Airbus A-319, 2 Airbus A-320 e 1 Helicóptero Agusta. No último balanço publicado, seus resultados sofreram forte impacto da mudança cambial, com os custos indexados ao dólar (leasing, manutenção, peças, etc.), enquanto a tarifa dos vôos domésticos permaneceu atrelada à moeda nacional. Embora em junho de 1999 o governo tenha autorizado reajuste de 10,9% nas passagens, e tenha aumentado em 14,6% o número de passageiros Km/transportados, não foi suficiente para evitar prejuízo operacional de R$ 45.707 mil no ano. Deste saldo negativo, R$ 42.961 mil foram gerados no primeiro semestre. Nos últimos três exercícios sociais, os resultados finais foram: 31/12/97 R$ 31.861 mil 31/12/98 R$ 11.019 mil 31/12/99 (R$ 30.027 mil) Principais indicadores de desempenho: Segundo Trimestre (Abril a Junho) 30.06.99 30.06.2000 Variação (%) Horas voadas (c/c) 1/100 19.995,14 22.641,32 13,23 Quilômetros voados 8.886.701 10.644.235 19,78 Pax transportados total 922.306 1.305.262 41,52 Ass Kms oferecidos 866.265.264 1.162.653.424 34,21 Pax Km transportados total 453.207.785 665.179.226 46,77 Ton Km carga paga 2.023.358 3.624.941 79,15 Aproveitamento Pax/Km total 51,64% 54,86% 6,23 No primeiro semestre deste ano, a receita bruta de vendas evoluiu 49,5%, enquanto o resultado final foi um prejuízo líquido de R$ 19.406 mil, contra R$ 29.503 mil no mesmo período anterior. O elevado nível das despesas financeiras líquidas foi o principal responsável pelo fraco desempenho no período. Em 30/06/2000, os empréstimos e financiamentos alcançavam o montante de R$ 886.385 mil (sendo 92,0% de longo prazo), enquanto o patrimônio líquido atingia R$ 162.000 mil. O setor de transporte aéreo vem obtendo péssima performance nos últimos 20 anos, sendo o menos rentável dentre todos os segmentos da economia. A TAM apresenta endividamento financeiro elevado (característica do setor) e vem acumulando fracos desempenhos nos últimos anos. Em bolsa, suas ações desvalorizaram 8,5% em 1999, e 34,5% em 2000. Nos atuais níveis de preços, não desperta atratividade como investimento. por Carlos Antonio Magalhães Diretor da Sirotsky & Associados

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor