Analistas acham que Petrobras mostrou independência

O objetivo é atrair investidores para a compra das refinarias.

Acredite se Puder / 16:53 - 19 de set de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Petrobras reajustou os preços da gasolina em 3,5% e do óleo diesel em 4,2% em suas refinarias. Como isso aconteceu depois que a cotação do barril tipo Brent, aos poucos retorna aos níveis anteriores ao ataques dos drones, os analistas passaram a espalhar a seguinte versão: a Petrobras, cujos preços são alinhados ao mercado internacional, manteve os valores no início da semana, mudando de postura após questionamentos sobre possível ingerência do governo. E apontam como responsável por essa mudança o seu especial interesse em demonstrar possuir independência, com política de preços de combustíveis não submetida a questões políticas. E o objetivo é atrair investidores para a compra das refinarias.

 

Bradesco BBI projeta Duratex em R$ 16

A Duratex encerrou a produção de painéis de madeira da unidade de Botucatu (SP), cuja operação estava suspensa desde novembro do ano passado. Essa mmedida, mais a venda de imóveis rurais e ativos florestais para a Turvinho Participações e à Bracell SP Celulose Ltda proporcionarão lucro líquido extraordinário de cerca de R$ 230 milhões, com impacto no caixa de aproximadamente R$ 450 milhões líquidos. O encerramento da unidade não causará a descontinuidade mo fornecimento de produtos, em função da capacidade instalada nas demais unidades da Divisão Madeira.

Para os analistas do Bradesco BBI, as vendas estão em linha com a estratégia da companhia de monetizar ativos florestais, já que permite um processo de desalavancagem sem afetar a oferta de madeira para a divisão. E mantiveram a recomendação de compra para os títulos com preço-alvo de R$ 16. No pregão da terça-feira, as ações da Duratex subiram 2,48% e foram cotadas a R$ 12,81.

 

Em vez de investigar, a CVM pergunta

As ações da Afluente Transmissão de Energia, do grupo Neoenergia, subiram 495% nos últimos dois últimos pregões, de R$ 5,55 para R$ 11,10 no de terça-feira e para R$ 33,01 no da quarta-feira, mas no da quinta-feira caíram 31,84% baixando para R$ 22,50. Ninguém sabe o motivo da alta, mas os técnicos da CVM perguntaram à empresa: por que subiram? Subiram por quê?

E como já deveriam esperar, receberam a resposta padrão: “A empresa não sabe o motivo da movimentação atípica com suas ações.” E após inquirir seus administradores, acionista controlador e todas as demais pessoas com acesso a atos ou fatos relevantes, revela que não tem conhecimento “de informações adicionais àquelas disponíveis ao mercado em geral e que pudessem justificar ou esclarecer essas oscilações.” Ora, no dia em que os tolinhos amadurecerem: nada perguntarão. Apenas começaram a investigar, quem comprou e quem vendeu. Rapidinho descobrem os autores da armação.

 

Receita da Randon cresceu 22,6% neste ano

A receita da Randon, em agosto, se situou em R$ 451,3 milhões, o que representa alta de 7,5% em relação ao mesmo mês do exercício anterior. No ano, o total atinge a R$ 3,4 bilhões, com aumento de 22,6%. Para os analistas do Itaú BBA, o resultado é neutro, mas apesar da desaceleração nas taxas de crescimento na comparação anual, por causa da menor quantidade de pedidos de reboque de caminhões, o desempenho de janeiro a agosto representou 67% da receita esperada para o ano, contra uma média de 65% dos últimos três anos. Assim, mantiveram a recomendação de outperform, com preço-alvo de R$ 12,5 para o final deste ano

 

Trisul vai abandonar os pobres

A Trisul confirmou que vai abandonar de vez o programa Minha Casa Minha Vida, deslocando seus novos investimentos para a aquisição de terrenos e empreendimentos voltados para médio e alto padrão em regiões nobres de São Paulo.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor