Alocação de recursos aumenta desigualdade

Ao privilegiar cursos com melhor avaliação, MEC aprofunda diferença e prejudica aqueles localizados fora dos grandes centros.

Fatos e Comentários / 19:38 - 20 de set de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Fórum de Coordenadores de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) critica o Ministério da Educação ao manter cortes de bolsas para alunos de mestrado, doutorado e pós-doutorado direcionado aos programas com menores notas (3 e 4). A Abrasco afirma que, ao privilegiar os cursos com melhor avaliação pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o MEC provocará uma maior desigualdade na pós-graduação, pois afetará os cursos menores e localizados, majoritariamente, nas regiões Norte e Nordeste do país.

O ponto levantado pela Associação serve para debate em outras áreas, como educação básica e superior e saúde. Ao alocar recursos, um administrador com visão apenas gerencial poderia direcionar mais verbas para aquelas unidades com melhores resultados. Por exemplo, escolas com melhor nota no Enem, ou universidades com maior produção científica.

Ao fazer isso, porém – levando em conta uma visão restrita de meritocracia – acabaria privilegiando aqueles estabelecimentos que já estão melhores, acentuando a desigualdade. Imagine um hospital que recebesse mais recursos por ter bons indicadores; não seria o caso de alocar recursos para outra unidade onde os resultados estivessem piores, com objetivo de melhorá-los?

A reflexão não se aplica apenas ao setor público. Uma empresa pode ser tentada a direcionar seu orçamento para departamentos mais lucrativos. Se não tiver visão de longo prazo, pode deixar passar oportunidades em setores mais promissores. Seria um passo para a estagnação ou decadência.

 

Parte do leão

A redução da taxa Selic para 5,5% traz uma nova tarefa para investidores de pequeno porte e uma dor de cabeça para bancos não sintonizados com os momentos atuais: a redução nas taxas de administração de fundos de investimento.

Quem pegar os folhetos das grandes instituições verá com facilidade taxas de administração de 2,5%, 3% e até 5%. Ou seja, o aplicador paga para o banco ter lucro. Seria como um corretor vender um imóvel para um cliente e ficar com uma comissão de 95%…

Em renda fixa, qualquer coisa superior a 1%, atualmente, é perda de tempo; melhor ficar na poupança, que ainda tem isenção de Imposto de Renda.

 

Quintal

Paulo Nogueira Batista Jr. lança O Brasil não cabe no quintal de ninguém (Editora LeYa Brasil) na próxima quarta-feira, às 19h, em grande estilo: haverá bate-papo com os economistas Luiz Gonzaga Belluzzo e José Márcio Rego, seguido de noite de autógrafos. Será na Livraria Cultura – Conjunto Nacional (Paulista, 2.073 – Consolação).

 

Help!’

Houve um agudo incremento no roubo de catalisadores de carros híbridos, a ponto de aumentar a procura por peças para reposição na Toyota em 2.000%. O número de roubos passou de 1,7 mil no primeiro semestre de 2018 para 2,4 mil este ano… em Londres!

 

Rápidas

Alessandro Molon (PSB-RJ) foi escolhido o melhor deputado federal do Brasil pelos jornalistas que cobrem o Congresso. O Prêmio Congresso em Foco é uma espécie de Oscar da política *** O secretário municipal de Turismo do Rio, Paulo Jobim, e o presidente do Instituto Carlos Chagas e chefe da Divisão de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, Ricardo Cavalcanti Ribeiro, são alguns dos convidados do I Encontro Multidisciplinar de Turismo de Saúde: Multidisciplinaridade e Aspectos Jurídicos, que acontecerá na próxima terça-feira, às 9h, na OAB/RJ *** Neste sábado, o projeto Entre Pegadas promove campanha de adoção de animais e doação de artigos ligados aos animais de estimação no Carioca Shopping, das 15h às 19h *** No mesmo dia, o projeto Busucão estará no Caxias Shopping, também com campanha de adoção de animais. Haverá também vacinas V11 para cães e antirrábica, mediante colaboração de R$ 10 *** A professora Karina Echavarria, da University of Brighton, participará de um debate nesta segunda-feira, na FGV, sobre temas como “de que forma estudantes e pesquisadores entrarão em contato com as informações no futuro?” . Inscrições: evento.fgv.br/augmentedreality *** Domingo, tem Encontro com Personagens no evento Mundo Gloob no Carioca Shopping, das 15h às 19h *** A Votorantim Cimentos está com as inscrições abertas até o dia 4 de outubro para seu primeiro Programa de Estágio Técnico para Mulheres. Inscrições: votorantimcimentos.gupy.io/jobs/78871

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor