Aliansce, administradora do Shopping Leblon, comprará 25,1% do empreendimento

Mercado Financeiro / 13:43 - 29 de ago de 2016

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

  A Aliansce, administradora do Shopping Leblon, informou hoje em seu site que irá comprar 25,1% do empreendimento, ao valor R$ 309,9 milhões. A empresa administra o shopping desde 2006, quando foi inaugurado. Para poder financiar a aquisição, a companhia realizará um aumento de capital privado, dentro do limite do capital autorizado, de no mínimo 20 milhões e até 40 milhões de ações ordinárias da Companhia a um preço de R$15,00 por ação, totalizando o valor de no mínimo R$ 300 milhões e no máximo R$600 milhões. O comunicado foi assinado por Eduardo Prado Lopes Filho, Diretor de Relações com Investidores da Aliansce. De acordo com o comunicado, o critério adotado para fixação do preço de emissão foi a média das cotações de fechamento das ações de emissão da Companhia na BM&FBovespa, ponderada pelo volume de ações negociadas, dos 30 pregões realizados no período de compreendido entre 08 de julho de 2016, inclusive, a 18 de agosto de 2016. Como o vendedor é parte relacionada da companhia, o empresário Renato Rique, algumas medidas foram tomadas para garantir a transparência do processo de aquisição. Será criado um comitê especial composto por pessoas indicadas por membros do Conselho de Administração; haverá abstenção de voto da parte relacionada na reunião do Conselho de Administração que avaliou a aquisição entre outras condições. De acordo com a empresa, os recursos do aumento de capital serão usados para financiar a compra da participação no shopping e fortalecer a estrutura de capital e o patrimônio da companhia. O objetivo do aumento de capital já terá sido atingido mediante a captação do valor mínimo de R$ 300 milhões, o qual já será suficiente para quitar todas as obrigações pecuniárias decorrentes da aquisição e não elevar a alavancagem da companhia, de modo a preservar sua capacidade para realizar investimentos. O Shopping Leblon é um ativo estratégico para a Aliansce e os seus indicadores financeiros e operacionais comprovam a qualidade do shopping. De acordo com a empresa, entre o final deste ano e o fim de 2017 mais de 40% da receita de aluguel mínimo do empreendimento serão renovados. O custo de ocupação atual do empreendimento possibilita um crescimento da receita de aluguel de lojas em 2017 superior à média dos últimos 3 anos, informou a companhia. O Shopping Leblon possui um mix de lojas de alto padrão e que vem sendo aprimorado desde a sua inauguração. Marcas como Burberry, Zara, Salvatore Ferragamo, Dolce&Gabbana, Versace Collection, Ermenegildo Zegna, FARM, Coach, Osklen Collection, Omega, Richards, Hugo Boss, Schutz, entre outras, fazem parte do mix de lojas do Shopping Leblon.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor