Alcolumbre: demissão de Marcos Cintra não atrapalha reforma tributária

Presidente do Senado disse que Casa tem interlocução direta sobre o assunto com Paulo Guedes, como tinha com secretário da Receita.

Política / 12:23 - 12 de set de 2019

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou à imprensa na noite desta quarta-feira que a exoneração de Marcos Cintra da chefia da Receita Federal não deve atrapalhar as discussões acerca da reforma tributária.
"Nós estamos lutando por essa matéria para desburocratizar a vida dos brasileiros e promover o desenvolvimento econômico gerando empregos e riqueza no Brasil", afirmou.
Davi disse que o relator da reforma tributária no Senado, senador Roberto Rocha (PSDB-MA), vem fazendo "um debate altivo, produtivo e construtivo" com diversos seguimentos da sociedade.
"O Senado Federal tem se debruçado, desde o dia de apresentação dessa PEC, com 65 assinaturas da ampla maioria dos senadores, e tem se voltado para a importância dessa matéria. A gente tem a consciência da possibilidade que temos de fazer da vida das pessoas uma vida simplificada a partir da simplificação desses impostos", disse.
Davi afirmou ainda que o Senado tem interlocução direta sobre a reforma tributária com o ministro da Economia, Paulo Guedes, como tinha com Marcos Cintra.
"Senado vai esperar o próximo interlocutor para construirmos um texto de consenso", disse.
Para o presidente, a saída de Cintra devido à discussão de uma possível volta da CPMF mostra "que os brasileiros não aguentam mais pagar impostos"

Agência Senado

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor