Advertisement

Agências estrangeiras fazem pressão para obter reformas

Se o país não seguir a cartilha, vão rebaixar as notas de risco.

Fatos & Comentários / 22 Janeiro 2019 - 19:51

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Caso a agenda de reformas do Governo Bolsonaro ocorra, “o evento já estará no preço das agências de classificação de rating. Caso contrário, o evento será devidamente precificado pelas agências na classificação soberana de risco da economia brasileira como evento negativo”, analisa a Mapfre Investimentos.

Tradução: as agências de rating pressionam o Brasil para cortar aposentadorias e fazer outras maldades. Se o país não seguir a cartilha, vão rebaixar as notas de risco. É um recado claro. As especulações sobre a boa vontade dos investidores internacionais servem apenas para o jogo midiático. Na vida real, o Brasil enfrenta um sério problema fiscal causado por anos de recessão ou baixo crescimento, agravado por um remédio de austeridade que só piorou a doença. Tudo isso se refletiu em uma crise social e de desemprego. A continuidade desta política não atrai investimentos reais; atrai especuladores em busca de lucro rápido e elevado.

 

Rei morto

Amigo desta coluna escreve manifestando estranheza por não ter tido a repercussão merecida a morte de um dos homens mais influentes do Brasil desde o segundo Governo Vargas até o segundo Governo FHC. Jorge Serpa, que morreu domingo aos 96 anos, influenciou diretamente dois dos maiores jornais da época: Correio da Manhã, com uma íntima convivência com Paulo Bittencourt, e O Globo, tenho sido um dos mais próximos assessores do jornalista Roberto Marinho, principalmente durante o período do regime militar.

No velório e sepultamento, nenhum político, nenhum membro da família Marinho, nenhum representante das Organizações Globo. Serpa deixou viúva dona Vicentina, neta do ex-presidente Eurico Gaspar Dutra.

 

Seppuku

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, assinou decreto instituindo o Dia do Samurai, que será comemorado em 24 de abril. Espera-se agora a criação do Dia do Haraquiri, dedicado aos políticos desonestos.

 

Tradição e tecnologia

Estrela da tecnologia e da inovação nacionais, a Embrapa exporta conhecimento. No final de 2018, cinco profissionais da estatal passaram três semanas no Estado de Mbale, em Uganda. O grupo colocou em prática um guia de capacitação e treinamento participativo que apresenta um conjunto de ferramentas que permite a integração do conhecimento dos agricultores familiares e técnicos de extensão rural sobre a qualidade do solo e seu manejo ao conhecimento técnico gerado pela Ciência do Solo e à pesquisa agropecuária.

Essa é a grande motivação dessa inovação tecnológica: entender como o conhecimento tradicional dos agricultores se reflete em indicadores técnicos e vice-versa”, explica a pesquisadora da Embrapa Solos Ana Turetta.

Em Uganda, a metodologia propiciou aos agricultores familiares maior intimidade com os indicadores de qualidade do solo. A ideia de restaurar a fertilidade da terra a fim de aumentar produção de grãos também foi um fator importante para atrair os participantes.

O conhecimento e a experiência local da produção familiar têm recebido crescente atenção nos últimos anos como fonte de opções úteis para o manejo sustentável dos recursos naturais.

 

Black blocs

Protestos violentos em qualquer parte do mundo são criticados pela imprensa; menos os que acontecem na Venezuela.

 

Indesejadas

Na foto do presidente Jair Bolsonaro almoçando em Davos aparecem tomates, pimentões e couves-flor. Laranjas, não!

 

Contrassenso

Paulo Guedes fala em privatizar todas as 138 estatais federais. Ao mesmo tempo, tramita no Congresso o PLP 459/2017, de autoria do senador José Serra, que, se aprovado, levaria à criação de até 5.597 estatais de estados, municípios e Distrito Federal.

 

Rápidas

A tradicional doceria carioca Lecadô, com 19 lojas no Rio de Janeiro, ingressa no sistema de franquias em parceria com a GSPP, que desenhou o modelo de negócio. A primeira unidade franqueada deverá ser inaugurada em março em um shopping da Barra da Tijuca (RJ) *** A neuropsicóloga Maria Lucia Moyses Ruiz lança mais três livros da coleção DeZequílibrios: A Mulher do Vestido Azul, Não Me Toque e Um Copo de Veneno (Scortecci Editora) *** No sábado, a Feira de Artesanato do West Shopping, realizada em parceria com um grupo de artesãos de Campo Grande, promove oficina gratuita de pintura em tecido, às 15h *** A Supergasbras, empresa do Grupo SHV Energy, anunciou o brasileiro Julio Cardoso como novo presidente.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor