Acionistas da Renner vão ter que esperar bonificação

Acredite se puder / 20 abril 2017

Os acionistas da Lojas Renner vão ter que esperar mais uma semana para receberem a bonificação anunciada inicialmente para esta quinta-feira (20). A operação foi adiada porque não foi atingido o quórum mínimo para instalação da AGE programada para a quarta-feira (19). Em comunicado, a empresa informa que a segunda convocação está prevista para a próxima quinta-feira (27), às 11h, na sede da companhia, em Porto Alegre. A proposta da empresa é aumentar seu capital em de R$ 1,317 bilhão, por meio da bonificação de ações a uma razão de 10%, o que corresponde à emissão de 64,3 milhões de novas ações. Dessa forma, cada investidor receberá um novo papel para cada dez que tiver em carteira no pregão seguinte à aprovação do provento pela AGE. Na AGO da véspera, foi aprovado o pagamento de dividendos no valor de R$ 0,1196 por ação. Os papéis ficaram “ex-proventos” nesta quinta-feira.

 

Canadenses criam nova aérea 'ultra-low-cost'

A WestJet, uma das maiores aéreas canadenses, anunciou nesta quinta-feira planos de criar outra companhia, para operações do tipo “ultra-low-cost” (ULCC), ou de baixíssimo custo. Segundo comunicado, as operações devem ter início ainda em 2017. Operando desde 1996, a WestJet nasceu como uma empresa low-cost, mas passou a oferecer serviços premium para somar às receitas. Agora, retorna de vez às origens com a novidade. O anúncio vem em um momento que o Canadá estimula a aviação de baixo custo. Em novembro, o país limitou os investimentos de empresas estrangeiras, estimulando a competição nacional e encorajando o lançamento de empresas low-cost.

 

Retomada de operações na JBS

A JBS, maior processadora de carne bovina do mundo, retomará a partir de segunda-feira as operações em seis das dez unidades de abate de bovinos no Brasil que estão em férias coletivas, informou a companhia de alimentos. “As outras quatro plantas voltarão a operar em 2 de maio em função de reformas, ajustes operacionais e modernização de equipamentos”, disse a empresa. A JBS deu férias coletivas aos funcionários de dez de suas 36 unidades de abate bovinos no Brasil desde o dia 3 de abril, a fim de ajustar a capacidade da empresa às restrições impostas ao setor, impactado pela operação Carne Fraca, da Polícia Federal. As unidades que voltam a operar normalmente no próximo dia 24 são Nova Andradina (MS), Senador Canedo (GO), Alta Floresta (MT), Juína (MT), Pedra Preta (MT) e Tucumã (PA). Em 2 de maio, de acordo com a empresa, voltam a operar normalmente Lins (SP), Anastácio (MS), Naviraí (MS) e Diamantino (MT).

 

Petrobras e MLog assinam contrato

A MLog (ex-Manabi) informou que sua subsidiária Asgaard Navegação assinou contrato com a Petrobras para afretamento da embarcação Asgaard Sophia, dedicada ao combate de vazamentos de óleo no mar. O acordo é válido por quatro anos, extensível por igual período. A operação sob o novo contrato deverá ocorrer no início de maio.

 

Dividendos na Hypermarcas

O Conselho da Hypermarcas aprovou a proposta de pagamento de dividendos adicionais relativos ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2016, no valor total de R$ 31.795.812,65, o que representa o valor de R$ 0,050897 por ação. Os dividendos serão pagos em 02 de maio com base na posição acionária da última quarta-feira (19).

 

Alpargatas tem orçamento aprovado

Alpargatas aprova orçamento de R$ 168,9 milhões para 2017. Os recursos serão usados para investimentos na área industrial, compra de máquinas, tecnologia da informação, inovação, segurança e meio ambiente, disse a companhia em comunicado ao mercado.

 

Reestruturação na Eternit

A Eternit informou que, em linha com o plano de reestruturação, Nelson Pazikas deixará o cargo de diretor-presidente e de diretor de Relações com Investidores da companhia a partir desta quarta-feira. Além disso, o Conselho de Administração elegeu Luis Augusto Barcelos Barbosa para ocupar o cargo de diretor-presidente.