Advertisement

A suspeita morte de empresário que fez testamento aos 32 anos

Dono da QuadrigaCX foi para o túmulo sem dizer onde estão as senhas dos investidores.

Acredite se puder / 06 Fevereiro 2019 - 18:44

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

 

Gerard Coten, um jovem de 32 anos, apenas 12 dias antes da sua morte fez um testamento, nomeando a esposa Jennifer Robertson, com a qual não teve filhos, como a única beneficiária e executora de todo o espólio. Segundo documentos judiciais, a viúva herdou uma grande quantia (não divulgada) de ativos e de dinheiro que mantinha nos bancos Bank of Montreal e no Canadian Tire, carro de luxo de quase meio milhão de reais, iate e até um avião. Cotten morreu em Jaipur, na Ìndia, no dia 9 de novembro, mas sua esposa somente comunicou o fato nesta semana.

O mais engraçado é que o juiz da Suprema Corte da Nova Escócia, Michael Wood, acatou o pedido de proteção ao credor da QuadrigaCX. A empresa não pode receber nenhum processo nos próximos 30 dias a partir de 5 de fevereiro. Como Cotten guardou as senhas em algum lugar não conhecido, ficará muito difícil a recuperação de US$ 180 milhões em bitcoin, ethereum, bitcoin cash e litcoin além de US$ 70 milhões em fiat, que pertencem a 115 mil usuários. Os investidores, no entanto, colocaram o casso sob suspeita e estão exigindo que a empresa JA Snow Funeral Home apresente provas de ter realizado o enterro, bem como fotos do morto e outros tipos de comprovação. Evidentemente, a viúva vai alegar que não providenciou os documentos e já passou muito tempo, e o cadáver está decomposto. Mas a Interpol poderá encontrar o cadáver inteiro em algum lugar do mundo.

 

Tesla reduz novamente preço do Model 3

Em janeiro, a Tesla reduziu em US$ 2 mil as versões do Model 3. Agora, anuncia nova redução de US$ 1,1 mil, e os veículos vão custar US$ 42,9 mil. Essa diminuição relacionada com o fim de um programa de referrals que a Tesla considerou mais oneroso do que o menor preço. Assim vai terminar com os incentivos do acesso à sua rede de carregamento rápido, bem como ao sorteio de um Tesla Roadster. A empresa implementar alterações, num período que tem sido marcado pela redução dos lucros. A fabricante de veículos elétricos anunciou um lucro por ação de US$ 1,93 no seu quarto trimestre fiscal, quando os analistas estavam à espera de um lucro médio de US$ 2,10 por ação. Os lucros encolheram numa altura em que o CEO anunciou um corte de empregos para tentar proteger a rentabilidade da empresa.

 

Analista disse para não comprar bitcoin

É preciso ter nervos de aço para operar no mercado de criptomoedas ou ser um anencéfalo para acreditar nas análises que são realizadas. André Franco, analista da Empiricus, em vídeo no dia 10 de dezembro do ano passado, aconselhou as pessoas a não comprar o bitcoin, pois ele teria descoberto um criptoativo que multiplicaria o investimento por 93 vezes. Quem seguiu seu conselho se deu bem em relação ao bitcoin, mas ninguém sabe qual foi o desempenho do tal novo ativo. Ah, em 2017, a Empiricus recomendou a compra da criptomoeda Chronologic, com vídeos que circularam pela internet. O resultado, porém, foi desastroso: a criptomoeda teve queda de 99% desde o seu topo histórico.

 

Petróleo em alta

Sem a menor explicação, os preços do barril de petróleo voltaram a subir. Apesar dos sinais de desaquecimento da economia mundial e do aumento das reservas norte-americanas, a cotação do Brent, negociado em Londres, valorizou 1,05%, para US$ 62,63.

 

Ferro perto da máxima dos últimos dois anos

O minério de ferro continua subindo e agora se aproxima do nível máximo registrado nos últimos dois anos. A possibilidade de a Vale reduzir a produção tem aumentado os receios em torno do fornecimento mundial da matéria-prima, essencial para a produção do aço.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor