Advertisement

100 GW de turbinas eólicas instaladas no mundo

Multinacional Vestas tem uma unidade de fabricação no Ceará.

Mercado Financeiro / 10 Janeiro 2019

A multinacional dinamarquesa Vestas, maior fabricante mundial de equipamentos de geração de energia eólica (gerada pela força dos ventos), atingiu em 2018 a marca de 100 GW de turbinas eólicas instaladas globalmente. No Brasil, a empresa tem parceria com a Echoenergia e Casa dos Eventos, e aumentou sua presença no Estado do Ceará, onde tem uma unidade de fabricação no município de Aquiraz.

Em 2008, a empresa abriu um escritório em São Paulo para consolidar todas as operações de venda, construção e serviços no país. A empresa é dedicada exclusivamente à energia eólica. O mais recente projeto da companhia foi a instalação da turbina V110-2.0 MW no projeto Wind XI da MidAmerican Energy em Iowa, Estados Unidos. A capacidade do projeto atingirá até 2.000 MW entre 2017 e 2019.

Nos últimos meses, a companhia dinamarquesa fez importantes movimentações no mercado brasileiro. Em outubro de 2018, a Vestas anunciou o investimento de mais de 23 milhões de euros em uma linha de produção de naceles de V150 - 4,2 MW em suas instalações no Ceará. Além disso, firmou uma parceria com a Echoenergia, por meio de um pedido de 101 MW para fornecer e instalar 24 turbinas eólicas V150-4.2 MW para um parque eólico localizado na Serra do Mel, no Rio Grande do Norte.

A mais recente iniciativa foi o anúncio de que a empresa foi selecionada para o projeto do parque eólico Folha Larga, de 151 MW, na Bahia, em um pedido realizado pela Casa dos Ventos que inclui 36 turbinas eólicas V150-4.2 MW. “A parceria consolidará a plataforma de 4 MW como a mais competitiva do mercado brasileiro e as turbinas serão montadas na fábrica da Vestas em Aquiraz, no Ceará”, comenta Anders Runevad, presidente e CEO da Vestas.

“Somos pioneiros no mercado de energia eólica em todo o mundo há 40 anos e instalar 100 GW junto a nossos clientes e parceiros é algo que nos deixa extremamente orgulhosos, pois destaca o quão longe a Vestas e a energia eólica chegaram. É também um prazer comemorar esse marco com um cliente tão importante como a MidAmerican Energy “, diz Runevad. “Alcançar esse marco exigiu inovação contínua, forte comprometimento e grande execução de todos os funcionários da Vestas, e os 100 GW representam, portanto, parte fundamental no desenvolvimento das soluções de energia sustentável do futuro”, acrescenta.

Durante a jornada para alcançar a marca de 100 GW, a Vestas contribuiu para a remoção de mais de cem milhões de toneladas de CO2 da atmosfera, fornecendo soluções sustentáveis ​​e econômicas para atender à demanda mundial de energia. Ao chegar nesse patamar, a Vestas atingiu aproximadamente 10% de capacidade instalada de energia eólica e solar ao redor do mundo, cujo total representa 1 TW. 

Com base na eletricidade global média, 100 GW de energia eólica economizam cerca de 129 milhões de toneladas de CO2 por ano, igualando as emissões de CO2 de: 141 bilhões de libras de carvão queimado; 298 milhões de barris de petróleo; 22,54 milhões de lares norte-americanos que usam eletricidade anualmente; 33 usinas a carvão; e sequestro de carbono de 152 milhões de hectares de floresta

Desde a instalação inaugural de uma turbina V10-30 kW na Dinamarca, em 1979, a Vestas instalou mais de 66 mil turbinas em cerca de 80 países em seis continentes, contribuindo diretamente para a transição da energia eólica de nicho para o mainstream. Hoje, a maior turbina onshore da Vestas é a V150-4.2 MW e o marco de 100 GW foi possível graças a evolução contínua de suas soluções e tecnologia, contribuindo para que a energia eólica se tornasse a forma mais barata de eletricidade em muitos mercados.